Papelaria digital, design gráfico e logomarcas para todo Brasil

orçamento de logotipo

São Paulo (11) 9958-12346

Rio de Janeiro (21) 99954-2027

Solicite orçamento sem compromisso pelo WhatsApp ou pelo email logo@evef.com.br

Homenagem a Hebe Camargo

santinho luto falecimento modelo 122 digital

 

Usando a imagem acima, foi criada a imagem do santinho digital virtual de luto e falecimento da Hebe Camargo:

 

santinho luto falecimento modelo virtual digital

 

Detalhes técnicos do desenho do santinho de luto.

Fonte do tipo de letra usada no nome da homenageada: Segoe Script Negrito

Fonte do tipo de letra usada na mensagem principal: Segoe Script Negrito

Texto usado na mensagem principal: Código 256 

Você partiu, e levou uma parte
de nós consigo. Sua ausência dói
todos os dias e sua falta é sentida
em todos os lugares. Esteja aonde
estiver, descanse em paz e saiba
que todos aqui a amamos muito,
e a amaremos sempre, pelo resto
de nossas vidas.

 

Sobre a homenageada 

Hebe Camargo nasceu em Taubaté-SP, filha de Ester e Sigesfredo (Fego) Monteiro de Camargo, Hebe teve uma infância humilde. Na década de 1940, formou, com sua irmã Stella Camargo Reis, a dupla caipira "Rosalinda e Florisbela". 
Seguiu na carreira de cantora com apresentações de sambas e boleros em boates, quando abandonou a carreira musical para se dedicar mais ao rádio e à televisão. Ela estava no grupo que foi ao porto da cidade de Santos buscar os equipamentos de televisão para a formação da primeira rede brasileira, a Rede Tupi.

Foi convidada por Assis Chateaubriand para participar da primeira transmissão ao vivo da televisão brasileira, no bairro do Sumaré, em São Paulo, em 1950. No primeiro dia de transmissões da Rede Tupi, Hebe Camargo deveria cantar logo no início das transmissões o "Hino da Televisão", mas alegou estar doente e faltou ao evento, sendo substituída por Lolita Rodrigues.

Durante muito tempo as duas, que são amigas desde aquela época, não admitiram se Hebe deixou de cantar o Hino porque estava doente ou se foi por causa de um encontro amoroso. No programa "Irritando Fernanda Young", exibido no dia 30 de dezembro de 2007 pelo canal pago GNT ela revelou ter ido acompanhar seu namorado na época numa cerimônia, onde ele seria promovido, no Teatro Cultura Artística.

O programa Rancho Alegre (1950) foi um dos primeiros programas em que Hebe participou na TV Tupi, Canal 3, de São Paulo: Hebe fez um dueto com o cantor Ivon Curi, sentada em um balanço de parquinho infantil. Estas imagens estão gravadas em filme e são consideradas relíquias da televisão brasileira, uma vez que o videotape ainda não existia e na época não se guardava a programação em acervos, como atualmente.

A estreia na TV ocorreu, em 1955, no primeiro programa feminino da TV brasileira, O Mundo é das Mulheres, aonde chegou a apresentar cinco programas por semana.

Em 10 de abril de 1966, vai ao ar, pela primeira vez, o programa dominical de Hebe Camargo, pela TV Record (Canal 7 de São Paulo, atual Rede Record); o programa a consagra como entrevistadora e ela se torna líder absoluta de audiência, acompanhada do músico Caçulinha e seu Regional. Durante a Jovem Guarda, Hebe deu espaço a novos talentos, como Roberto Carlos, Martinha, Wanderléa e Ronnie Von, a quem apelidou de Príncipe.

Hebe passou por quase todas as emissoras de TV do Brasil, entre elas a Record e a Bandeirantes, nas décadas de 1970 e 1980. Desde 1986 Hebe esteve no SBT, onde apresentou três programas: Hebe, Hebe por Elas e Fora do Ar, além de participar do Teleton e em especiais humorísticos.

Em 1995, a gravadora EMI lançou um CD com os maiores sucessos de Hebe. Em 1999 voltou a lançar um CD. Em 22 de abril de 2006 comemorou o 1.000º programa pelo SBT.

Hebe morreu em 2012 em São Paulo aos 83 anos após sofrer uma parada cardiorrespiratória de madrugada, enquanto dormia. Em homenagem à artista, uma avenida em São Paulo ganhou seu nome, a Avenida Hebe Camargo.


 

Confira aqui outros textos sugeridos para publicar em santinhos de luto e falecimento.

Confira aqui outras imagens de fundo que podem ser aplicadas em modelos de santinhos virtuais digitais.

 


A Agência EVEF trabalha com a criação de modelos de santinhos de luto e falecimento.

Contate-nos via WhatsApp e solicite um orçamento para receber a sua imagem personalizada e arquivo PDF do santinho digital (virtual).