Papelaria digital, design gráfico e logomarcas para todo Brasil

orçamento de logotipo

São Paulo (11) 9958-12346

Rio de Janeiro (21) 99954-2027

Solicite orçamento sem compromisso pelo WhatsApp ou pelo email logo@evef.com.br

Homenagem ao João Ubaldo Ribeiro

santinho luto falecimento modelo 109 digital

 

Usando a imagem acima, foi criada a imagem do santinho digital virtual de luto e falecimento do João Ubaldo Ribeiro:

 

santinho luto falecimento modelo virtual digital

 

Detalhes técnicos do desenho do santinho de luto.

Fonte do tipo de letra usada no nome do homenageado: Swis 721 BT

Fonte do tipo de letra usada na mensagem principal: Swis 721 Condensed BT

Texto usado na mensagem principal: Código 274

O Senhor é o meu Pastor; nada me faltará. Deitar-me faz em
verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.
Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça por
amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da
morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara
e o teu cajado me consolam. Certamente que a bondade e a
misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei
na casa do Senhor por longos dias.
(Trecho do Salmo 23)

 

Sobre o homenageado 

João Ubaldo Osório Pimentel Ribeiro foi um escritor, jornalista, cronista, roteirista e professor brasileiro, formado em direito e membro da Academia Brasileira de Letras. Foi ganhador do Prêmio Camões de 2008, maior premiação para autores de língua portuguesa.

Ubaldo Ribeiro teve algumas obras adaptadas para a televisão e para o cinema, além de ter sido distinguido em outros países, como a Alemanha. É autor de romances como Sargento Getúlio, O Sorriso do Lagarto, A Casa dos Budas Ditosos, que causou polêmica e ficou proibido em alguns estabelecimentos, e Viva o Povo Brasileiro, tendo sido, esse último, destacado como samba-enredo pela escola de samba Império da Tijuca, no Carnaval de 1987.

João foi detentor da cátedra de Poetikdozentur (Docente em poesia) na Universidade de Tübigen, Alemanha e também consagrado na Avenida Marquês de Sapucaí.

Em Novembro de 1987 foi feito Comendador da Ordem do Mérito de Portugal. Em 1993 foi eleito para a cadeira 34 da Academia Brasileira de Letras, na vaga aberta com a morte do jornalista Carlos Castello Branco. Participou em 1994 da Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha, recebendo o Prêmio Anna Seghers, concedido somente a escritores germanófonos e latino-americanos.

O estilo literário de João Ubaldo Ribeiro é basicamente traçado pela ironia e pelo contexto social do Brasil, abrangendo também cultura portuguesa e cultura africana. Antônio Olinto, escritor, crítico literário, diplomata e também membro da Academia Brasileira de Letras, diz que Ubaldo constrói sua estrutura muitas vezes começando a história pelo meio, como se ela já houvesse existido antes. "Mas como falar deste país sem o lanho do humor? Em tudo insere João Ubaldo a visão do humorista, que vê o que não aparece, identifica a nudez das gentes, entende os pensamentos ocultos", diz Olinto, no mesmo artigo. Segundo ele, em Ubaldo Ribeiro o humor atinge seu auge em Vencecavalo e o Outro Povo.

João Ubaldo Ribeiro morreu de madrugada em sua casa, no bairro do Leblon, na cidade do Rio de Janeiro.

 


 

Confira aqui outros textos sugeridos para publicar em santinhos de luto e falecimento.

Confira aqui outras imagens de fundo que podem ser aplicadas em modelos de santinhos virtuais digitais.

 


A Agência EVEF trabalha com a criação de modelos de santinhos de luto e falecimento.

Contate-nos via WhatsApp e solicite um orçamento para receber a sua imagem personalizada e arquivo PDF do santinho digital (virtual).