Google

Líder mundial em organização de informações e buscas. Você pode pensar que o Google é capaz de qualquer coisa? Então voce pode estar certo. Isso porque entre as várias atividades conhecidas do Google, uma é pouco divulgada: O Google aluga cabras!

A companhia aluga os caprinos da California Grazing para diminuir a quantidade de mato no Googleplex. São 200 cabras, um pastor e um cão. De acordo com o Google, uma solução mais amigável com o meio ambiente e mais agradável de olhar que cortadores de grama.

O Google é uma empresa multinacional de serviços online e software dos Estados Unidos. O Google hospeda e desenvolve uma série de serviços e produtos baseados na internet e gera lucro principalmente através da publicidade pelo AdWords.A empresa foi fundada por Larry Page e Sergey Brin, muitas vezes apelidados de "Google Guys", enquanto os dois estavam frequentando a Universidade Stanford como estudantes de doutorado.

Foi fundada como uma empresa privada em 4 de setembro de 1998 e sua oferta pública inicial foi realizada em 19 de agosto de 2004. A missão declarada da empresa desde o início foi "organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil" e o slogan da empresa foi inventado pelo engenheiro Paul Buchheit, é “Don't be evil” em inglês e “Não seja mau” em português.

Em 2006, a empresa mudou-se para sua atual sede, em Mountain View, Condado de Santa Clara no estado da Califórnia. O Google é executado através de mais de um milhão de servidores em data centers ao redor do mundo e processa mais de um bilhão de solicitações de pesquisa e vinte petabytes de dados gerados por usuários todos os dias. O rápido crescimento do Google desde sua incorporação culminou em uma cadeia de outros produtos, aquisições e parcerias que vão além do núcleo inicial como motor de buscas.

logo gmailA empresa oferece softwares de produtividade online, como o software de e-mail Gmail, e ferramentas de redes sociais, incluindo o Orkut, o Google+ e o descontinuado Google Buzz. Os produtos do Google se estendem à área de trabalho, com aplicativos como o navegador Google Chrome, o programa de organização de edição de fotografias Picasa e o aplicativo de mensagens instantâneas Google Talk.

Notavelmente, o Google também lidera o desenvolvimento do sistema operacional móvel para smartphones Android, usado em celulares como o Nexus One e o Motorola Droid. O Alexa classifica o Google como o website mais visitado do mundo. O Google também foi classificado pela revista Fortune como o quarto melhor lugar do mundo para se trabalhar e como a marca mais poderosa no mundo pela BrandZ.

Início do faturamento

Em 2000 o GOOGLE começou a vender anúncios associados a palavras-chave nas buscas. Com o intuito de manter um projeto organizado da página e aumentar a velocidade, as propagandas eram exclusivamente baseadas em textos. Conhecido como Google Adwords, o anunciante tem a liberdade de escolher quanto quer investir no pagamento dos cliques, seja em quantidade de cliques e no tamanho da campanha online.

No dia 9 de maio deste mesmo ano foram lançadas as primeiras 10 versões de idiomas do Google.com: francês, alemão, italiano, sueco, finlandês, espanhol, português, holandês, norueguês e dinamarquês. Pouco meses depois, no dia 12 de setembro o GOOGLE começou a oferecer pesquisas em chinês, japonês e coreano, o que elevou para 15 o número total de idiomas disponíveis. Foi também neste ano que o GOOGLE passou a ser o novo motor de busca do Yahoo!, substituindo o tradicional Inktomi, tornando-se o sistema de busca mais popular segundo pesquisa da StatMarket ao anunciar o primeiro índice com 1 bilhão de URLs (endereços na Internet).

No dia 27 de março de 2001 o site já estava disponível em 26 idiomas. Pouco depois, no dia 1 de agosto a empresa abriu seu primeiro escritório internacional, na cidade de Tóquio. Um mês mais tarde, uma nova parceria com o Universo Online (UOL) tornou o GOOGLE o principal serviço de pesquisa para milhões de latino-americanos. No ano de 2002, a empresa implantou uma filosofia revolucionária: os engenheiros e funcionários foram incentivados a dedicar 20% do seu tempo trabalhando em algo que não fosse seu projeto principal. Serviços famosos como o Google Notícias e o Gmail surgiriam dessa filosofia adotada pela empresa.

No dia 17 de fevereiro de 2004 o índice de pesquisa atingiu uma nova marca: 6 bilhões de itens, o que incluía 4.28 bilhões de páginas da web e 880 milhões de imagens. No dia 18 de agosto deste mesmo ano, o GOOGLE fez uma oferta pública inicial de 19.605.052 cotas de ações ordinárias Classe A em Wall Street. O preço de abertura foi de US$ 85 por ação. Com a abertura de seu capital na Bolsa de Valores a empresa se transformava em um gigante do mercado financeiro americano. No mês seguinte existia mais de cem domínios GOOGLE (Noruega e Quênia foram os de números 102 e 103). A lista cresceu e atualmente já passa de 160.

No final de 2005 a empresa informou oficialmente a abertura dos primeiros escritórios em São Paulo e na Cidade do México. No ano seguinte um fato marcou a história do GOOGLE: no dia 27 de janeiro o Google.cn, a versão de domínio local do GOOGLE, foi ao ar na China. Ainda neste ano o GOOGLE introduziu várias novidades como o bate papo no Gmail, usando as ferramentas de mensagem instantânea do Google Talk; a introdução das versões locais do GOOGLE MAPS na França, Alemanha, Itália e Espanha; o Gmail em idiomas árabe e hebraico, o que elevou a 40 o número de interfaces; a pesquisa de livros, que começou a oferecer downloads gratuitos de PDF de livros de domínio público; e a pesquisa de patentes nos Estados Unidos, indexando mais de sete milhões de patentes desde 1790. No dia 15 de dezembro deste ano, os Googlers, como são carinhosamente chamados seus funcionários, de todo o mundo vestiram pijamas e chinelos para trabalhar no primeiro “Dia do Pijama” da empresa. Alguns opositores vestiam smoking. Este fato era apenas um retrato do ambientes descontraído de trabalho dentro da empresa.

Recentemente, em 2008, o GOOGLE fez grandes avanços com uma importante iniciativa, que envolveu toda a empresa, para assegurar que todos os seus produtos estejam disponíveis nos 40 idiomas lidos por mais de 98% dos usuários de Internet. No dia 25 de julho o sistema de indexação para processamento de links indicava que o GOOGLE contabilizava um trilhão de URLs únicos (enquanto o número de páginas da web individuais crescia vários bilhões por dia). Era um gigante que não parava de crescer.

logo google chromeEm 2011, ao pagar US$ 12.5 bilhões pela Motorola Mobility, o GOOGLE fez a maior aquisição de sua história e acirrou a disputa com a Apple. Isto porque, o GOOGLE será capaz de controlar todos os aspectos de seus celulares, desde o equipamento em si até o sistema operacional. Mas pode ter arrumado uma grande encrenca com as fabricantes de smartphones. A razão para realizar uma transação desse porte foi o fortalecimento do Android, o sistema operacional para smartphones e tablets, desenvolvido pelo GOOGLE, e alvo freqüente de processos por violação de patentes por parte da Apple e da Microsoft.

A transação, no entanto, provocou um vendaval em todo o mercado de internet móvel. Isso porque, ao ingressar no segmento de produção de smartphones e tablets, a empresa de internet passa a competir diretamente com a Apple nessa área e também se torna concorrente daquelas que até então eram suas aliadas, as fabricantes de celulares, como Samsung, LG, Sony Ericsson e HTC.

Apesar do sistema de busca ser a vitrine de negócios, o GOOGLE pode ser visto realmente como uma empresa de mídia, que pretende colocar à disposição dos internautas o conteúdo das maiores bibliotecas do planeta ou os vídeos das principais emissoras de televisão do mundo. O GOOGLE representa uma das maravilhas da computação e não há dúvidas de que é um regente na Internet que não ignora idiomas, sistemas operacionais, culturas, idéias e credos. No GOOGLE há espaço para tudo e para todos. A capacidade de inovar é diretamente proporcional a sua disposição em ganhar dinheiro.

Os resultados financeiros são impressionantes. Afinal, hoje em dia, o GOOGLE está presente em todas as nossas ações na Internet, e viver sem ele parece ser uma missão impossível. Não só utilizamos o site de buscas, mas, também o Orkut, YouTube, Google Reader, Google Maps e Google Earth, além de Gmail e Gtalk, entre (muitos) outros serviços. Por tudo isso, Google.com tornou-se o endereço mais conhecido e acessado do mundo virtual, onde milhares e milhares de pessoas encontram respostas para dúvidas e problemas dia após dia. É fonte de informação, pesquisa, notícias, curiosidades, etc.

logo doodleLogotipos divertidos do Google

Divertir-se com o logotipo corporativo e redesenhá-lo de tempos em tempos é impensável em muitas empresas, mas, no GOOGLE, isso faz parte da marca e de sua filosofia. Irreverência, criatividade e brincadeiras que costuma promover para seus usuários. O GOOGLE é realmente uma empresa diferenciada. Por isso, o GOOGLE possui inúmeros logotipos comemorativos (batizados oficialmente de GOOGLE DOODLES, que são os desenhos feitos sobre, ou usando como base o logotipo oficial da marca) referentes a feriados, datas e acontecimentos importantes como o Dia dos Pais, Dia das Mães, Dia de Ações de Graça, Natal, Ano Novo, 4th July (comemoração da independência americana), entre outras.

Seja o primeiro dia da primavera, o aniversário de Albert Einstein ou os cinqüenta anos da descoberta do DNA, a equipe do doodle sempre encontra um jeito de celebrar esses eventos únicos com arte e muita criatividade. No dia 30 de agosto de 1998, o conceito de doodle se originou quando Larry e Sergey, os fundadores da empresa, brincaram com o logotipo corporativo para marcar a sua presença no festival Burning Man, no deserto de Nevada. Um desenho simples de uma pessoa foi colocado atrás da segunda letra “o” da palavra Google. O logotipo modificado era uma forma bem-humorada de dizer aos usuários que os fundadores haviam “saído do escritório”. Ainda que o primeiro doodle tenha sido bastante simples, a idéia de decorar o logotipo da empresa para celebrar eventos importantes foi muito bem recebida pelos usuários.

Um ano depois, em 2000, eles pediram ao atual webmaster, Dennis Hwang, um designer americano de origem oriental e que era um estagiário na época, para criar um doodle para o Dia da Queda da Bastilha. Felizes com o resultado, os fundadores nomearam Dennis como Doodler-Chefe do GOOGLE. Assim, os doodles se tornaram um acontecimento regular na página inicial do GOOGLE, deixando as pesquisas mais divertidas para milhões de usuários no mundo inteiro. Quando os eles foram criados, ninguém esperava que se tornariam tão populares ou tão abrangentes para a experiência de pesquisa com o GOOGLE. Hoje em dia, muitas pessoas aguardam ansiosamente o lançamento de cada novo doodle e alguns até os colecionam. A equipe de doodles já criou mais de 340 deles para o site nos Estados Unidos, e mais de 780 para o resto do mundo.


O Google é uma das marcas mais valiosas do mundo. Confira a lista completa das marcas.

Fonte: Exame.com, Wikipedia e canais das empresas citados
Download do logotipo vetorizado da marca Google