orçamento de logotipo(11) 9958-12346

Precisa de um nome fantasia ou desenho de logomarca para a sua empresa? 

Receba as sugestões em seu WhatsApp e em@il:

(11) 9958-12346 - Solicite orçamento sem compromisso


Homenagem ao Paulo Silvino

santinho luto falecimento modelo 136 digital

 

Usando a imagem acima, foi criada a imagem do santinho digital virtual de luto e falecimento do Paulo Silvino:

 

santinho luto falecimento modelo virtual digital

 

Detalhes técnicos do desenho do santinho de luto.

Fonte do tipo de letra usada no nome do homenageado: Freestyle Script

Fonte do tipo de letra usada na mensagem principal: Leelawadee Bold

Texto usado na mensagem principal: Código 260

Sua ternura fará falta todos os
dias, mas temos a certeza de que
o Senhor o recompensará por toda
a bondade e o carinho que em nós
despertaste. Descanse em paz.

 

Sobre o homenageado

Iniciou a carreira em 1957 no filme Sherlock de Araque, onde aparece como um cantor de rock and roll, usando o pseudônimo Dixon Savannah, ao lado de Carlos Imperial, e no ano seguinte atuou no filme Minha Sogra é da Polícia, que também teve a participação de Imperial, Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Cauby Peixoto.

Ao lado de nomes como Altamiro Carrilho, Durval Ferreira e Eumir Deodato, lançou o LP Nova Geração em Ritmo de Samba, compondo e interpretando com sua voz abaritonada a maioria das canções, com o nome de Silvino Júnior. Também escreveu livros eróticos com o pseudônimo feminino Brigitte Bijou.

Durante as décadas de 1960 e 1970 ampliou sua produção musical e teatral, escrevendo e atuando em peças e filmes. Passou pelas extintas TV Tupi, TV Continental, TV Rio e TV Excelsior. Estreou na TV Globo em 1967, em TV Ó – Canal Zero e ganha dois prêmios como o melhor comediante de televisão do ano. Desde então, apresentou e foi destaque em diversos programas de humor da TV Globo: Faça Humor, Não Faça Guerra, Satiricom, Planeta dos Homens, Balança Mas Não Cai, Viva o Gordo e Brasil Pandeiro.

Em 1988, comandou inúmeras vezes o Cassino do Chacrinha, substituindo o Velho Guerreiro. Esteve no SBT de 1989 a 1992, onde atuou em A Praça É Nossa e na Escolinha do Golias, com Ronald Golias. Participou da Escolinha do Professor Raimundo (1993 – 1995), na Globo, e da Escolinha do Barulho (1999), na TV Record. De volta à Rede Globo, participou do programa Zorra Total, onde já fez muitos personagens, entre eles o mulherengo Alceu.

Seu humor é fortemente baseado em bordões e piadas de duplo sentido. É, portanto, típico daquele que fez escola nos programas no qual atuou nos anos 60 e 70. São memoráveis o bordão do policial Fonseca, em quadro no qual contracenava com Jô Soares ("Guenta, doutor, ele gueeeeenta!!"), e do porteiro Severino ("isso é uma tremenda bichona, seu diretor" e "Cara, crachá! Cara, crachá!"). O ator busca a piada simples, mas de gosto popular, popularizando assim os bordões de seus personagens.

Faleceu em 17 de agosto de 2017, aos 78 anos, quando lutava contra um câncer no estômago. O humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 


 

Confira aqui outros textos sugeridos para publicar em santinhos de luto e falecimento.

Confira aqui outras imagens de fundo que podem ser aplicadas em modelos de santinhos virtuais digitais.

 


A Agência EVEF trabalha com a criação de modelos de santinhos de luto e falecimento.

Contate-nos via WhatsApp e solicite um orçamento para receber a sua imagem personalizada e arquivo PDF do santinho digital (virtual).